Crônicas do dia-a-dia louco e insano que passamos correndo sempre, sem sequer olhar profundamente para si mesmo.

sábado, 12 de março de 2011

Penso

A chuva cai sem parar lá fora.
Dentro do quarto escuro, ouço apenas as gotas que batem no telhado e na janela e a minha respiração.
Acendo um cigarro e penso.
Pensar, algo que fazemos o tempo todo mais mesmo assim, as vezes, quer dizer, quase sempre é uma tarefa difícil.
Estou preso nesse labirinto de pensamentos, que a cada dia enchem ainda mais a minha cabeça, que já está bem cheia por sinal.
Trago. Solto a fumaça. Trago novamente e solta a fumaça pelo nariz.
O telefone toca, olha na tela, ninguém que importa, que espere quando estiver afim de atender, isso é, se estiver afim de atender.
Penso no que fazer essa noite, penso no que fazer amanhã na ida ao trabalho, penso no que fazer amanhã na volta do trabalho.
Ainda continuo pensando, mesmo quando não quero pensar.
Decido abrir a janela, o ar fresco e molhado da chuva invadem minhas narinas e refresca o ambiente de meu quarto escuro e mofado. O pouco de claridade que ainda tem nesse horário mostra como o ambiente ao meu redor representa perfeitamente o estado de minha mente, uma bagunça só.
Mexo no rádio, coloco um velho CD de MPB.
Ouço a melodia, me lembro da letra, canto um pouco, mas me vem a tristeza.
Uma lágrima cai. Duas, três e logo, várias caem sem parar como a chuva.
Penso, sou uma pessoa, um ser que produz essa chuva de lágrimas, assim como a chuva lá fora, sem um motivo aparente.
Chorar, algo que fazia tempos que não acontecia, me vem com tanta facilidade que nem sei.
Acho que medo. Medo? Medo do que? Me pergunto.
Medo de ser eu, eu acho. Medo da vida, eu acho. Medo da dúvida, eu acho.
Só sei que tenho medo, que choro e que chove.
Só isso.

Um comentário:

Gabriel Vasconcelos disse...

Nossa... quanta poesia nas palavras... me identifiquei com isso... tem dia que a gente quer ficar longe de tudo e de todos... ou só quer a compania de alguém em especial... e o medo.. esse mundo causa medo.... as pessoas causam medo... está tudo tão fast.. tão desordenado... ao mesmo tempo que queremos progresso... temos medo dele... enfim... esse mundo é cheio de coisas boas também... e de medos.. mas o medo de ser você mesmo é baseado no fato de você se conhecer e saber o seu lado ruim... sim.... todo mundo tem um lado ruim, que tem medo de mostrar pros outros...